terça-feira, 25 de outubro de 2011

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Eleições 2010

Amados, que Deus esteja conosco para sempre.

Gostaria de compartilhar convosco algo.

Estamos próximos as eleições e muitos, eu inclusive, não tenho idéia em quem votar. Mas, gostaria de compartilhar algo que chegou pra mim. Alguns vídeos do youtube que são BEM ESCLARECEDORES!

Não sou contra partido politico nenhum, inclusive tenho vários amigos em ambas as posições de governo (direita e esquerda) mas quero deixar BEM CLARO. Tem algo de errado no reino Brasilis.

Há uma competição acirrada dos movimentos GLBT para eleger pessoas no congresso. E entra em cheio com a votação da PL 122 e da PNDH-3.

Bom, vejam esses vídeos e tirem suas próprias conclusões. Coloquei um vídeo, forte é verdade, mas BEM esclarecedor sobre a PL 122 (acho que pra verem precisarão de esenha do google). A declaração de 3 líderes e uma carta citada em um dos vídeos.

Bom proveito e votem con consciencia.

Em Cristo











aqui está a carta citada pelo pastor...link1 e link2

Antes que me xinguem... prometo postar o estudo do hinário 3 e 4... e colocar esse blog em dia.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Estude, estude, estude!

Amados,

Gostaria de falar um ensinamento que saiu esse ano nos tópicos de doutrina. Não costumo fazer isso, mesmo porque, (desculpe ser franco), temos vários ensinamentos que pegam e que não pegam no meio da irmandade.

Trata-se do ensinamento de fazer vozes diferentes do soprano nos cultos. Bom, (quero acreditar)
acredito que os irmãos fizeram esse ensinamento a fim de evitar que uma pessoa que tenha um "pulmão forte" acabe atrapalhando toda a igreja cantando fora do soprano.

No entanto, sob minha ótica, houve um leve equivoco no texto falando que não havia corais na CCB. Bom ,se isso é verdade o porquê então existe passagens cantadas na clave de fá? Se isso não significa coral, o que é então? Outra dúvida, o primeiro hinário entrou em vigor em 1927, assim sendo temos um hiato de 17 anos sem música? Sem ninguem cantar?

Enfim, pra demonstrar que eles não estão de todo errado:



quem foi o maestro que esqueceu a linha principal????

Ah, pessoal que toca... ESTUDE, ESTUDE, ESTUDE!!!! Presta atenção no trompete que vocês entenderão o que to falando.

===

Eu sei que to devendo assunto... mas prometo colocar em dia ;)

blog amigo!

Que Deus esteja conosco eternamente!

Queridos, estou com crise de idéias então to aceitando ajuda. Se alguem tiver algum tema para discorrer pode me mandar um mail ou então um post aqui, que eu prometo que falo.

Mas, aproveitando, estou aqui para falar de um blog de um irmão nosso de batatais. Ele é diretor institucional da orquestra sinfônica de ribeirao preto, e mantém um blog sobre hinos instrumentais. Um prato feito pra quem gosta de hinos (não propriamente da CCB, mas o que importa é a melodia e o que ela diz ao coração... o pessoal dos "hinos avulsos" que o digam!).

Vale a pena a visita!

http://hinosevangelicosinstrumentais.blogspot.com/


Já pedi pra ele ceder uma entrevista, se você tiver alguma coisa que gostaria de saber mande um post, e, se ele decidir conceder, e for pertinente, não tenha dúvidas que perguntarei.

domingo, 11 de abril de 2010

Confesso: Já participei de profecias.

Vou acompanhar um blog que estimo, do Daniel o examine tudo, que postou um texto com o mesmo título dia 9/3. E vou colocar aqui meu humilde testemunho de algumas coisas que acontecram na minha humilde vida para que sirva de exemplo e que se pensem a respeito de alguns movimentos de orações (ou como se intitulam, movimentos de orações pulos e sapateados MOPS- sim, isso existe e eu já uvi nem uma ou duas vezes...)

Vou contar 4 causos aqui para exemplificar o que costumo dizer. Existe profecias e profetadas. Revelação e revelamento. A primeira deve-se guardar a segunda, bom, fica a critério de cada um.

Os dois primeiros causos, são intercalados, pois foram feitos na mesma reunião.

Meus pais indo congregar fora, receberam um convite para ir na casa de um irmão. Como fomos educados que oração e água não se nega a ninguém, meus pais se dirigiram para lá. No caminho, eles viam uma estrela no seu lado esquerdo (provavelmente receberei criticas e meus pais irão me matar por colocar esse depoimento no ar, mas é preciso para explicar as diferenças), e faziam curvas para todos os lados, mas a estrela teimava em ficar do lado esquerdo. Minha mãe comentou curiosa "Olha! essa estrela nos segue pro lado que a gente vai..." e meu pai, brincalhão como sempre " Não liga não. São os olhos de Deus para nós...". Enfim chegaram e oraram. Antes de encerrar (normalmente costuma ser essa a hora das profecias). Esse irmão que recebia a visita pediu licença e disse aos meus pais algumas coisas, para confirmar que não era dele mas Deus que falara por ele, confirmou inteiramente o diálogo entre meus pais dentro do carro. Quem contou? Quem poderia revelar isso?

Voltou-se a outra irmã e disse que o que tinha se perdido voltaria em 3 dias. Essa irmã caiu em prantos copiosos (bonito não :) - jeito dificil de falar choro de rios), e disse que não encontrava seu irmão, que havia sumido. Já tinha rodado todos os lugares mas não tinha achado.

Tres dias se passaram, e meus pais voltaram àquela cidade para comprovar a profecia (viu como funciona, acreditamos, mas devemos ser prudentes e ver com nossos olhos!). Ao chegarem na casa desses irmãos nada havia acontecido. Pasado um tempo com eles reunidos, eis que bate um mendigo na porta dessa irmã. Ao ver, ela o abraçou e beijou. Seu irmão voltara, sujo, fedendo, mas estava de volta! Ele relatou que estava indo para são paulo a negócios e sua mente fugiu, passou tres dias vivendo como mendigo, foi roubado, perdeu qualquer contato que poderiam estabelecer com ele. Só depois de tres dias recuperou sua mente, e decidiu voltar, mas como não tinha dinheiro ele teve de voltar a pé, e isso demandou mais tres dias. Profetada? NÃO! PROFECIA!

Outra vez, estavamos, eu e meus irmãos reunidos com um pessoal que estava em nossa cidade em SP. Fomos orar e o Senhor me deu de falar algo para aquele cooperador que estava junto. Eu, como sempre fui muito receoso e, porque não, medroso, não falei. O Senhor fez com que uma jovem saisse de um lado da sala para outro, manifestando o dom de linguas e falou EXATAMENTE o que Deus tinha pedido para eu falar. E se cumpriu. Profetada? NÃO! PROFECIA! ( e eu fiquei com um carão fora de serie nesse dia).

O ultimo, eu estava em um culto glorioso (ainda lembro dele, de vez em quando...), quando um grupo de irmãos nos chamou para ir orar. Indo lá, cantamos hinos, mas, na horade orar um irmão ficou tocando o violão (parece que virou moda isso... E vai render um outro post pode se preparar), o que tirou minha comunhão, e de alguns amigos meus completamente. Ao levantarmos, nem bem levntamos e o mesmo irmao que tocava (duvido que REALMENTE tenha orado) mandou as irmãs darem as mãos que ele ia tocar um hino. Bom, dai você pode imaginar o que veio a acontecer. Profecia? NÃO! PROFETADA! e no mais digno estilo MOPS.

Dá pra notar uma ordem quando Deus se manifesta com seu dom de profecia. Dá pra perceber quando é Deus ou é um homem.

Como me disse um irmão uma vez: " profecias você acumula, a que se mexer está viva", ou seja, escuta, a que se cumprir é realmente profecia, o resto é profetada.

Ah, um detalhe o MOPS quando escutam sobre críticas a seu respeito viram DOPS.

Pregação chocante de Paul Washer

è uma pregação de um Batista feita em 2002, chamado Paul Washer, direcionado a todos os jovens que estavam naquela conferencia.



Ah vá... não é tão chocante assim... A CCB fala isso a, pelo menos, 90 anos e ninguem deu ouvidos. Pelo que posso ver a reforma que Paul Washer diz ter que passar a CCB já passou faz tempo. Inclusive, por alguns, é tida como radicalista.

Enfim, saudade da minha década de 80...

quinta-feira, 18 de março de 2010

Boas novas...

Boas novas sempre é bom! E a que acabei de ler no site comumccb é simplesmennte demais! Pode ser um pouco tarde, mas sempre é bom registrar.


NOTICIAS DO HAITI

A PAZ DE DEUS.

AS NOTICIAS QUE REPASSO DA OBRA DE DEUS NO HAITI SAO BOAS.

NENHUM IRMAO MORREU NO TERREMOTO. DEUS FEZ UM GRANDE LIVRAMENTO COM O NOSSO IRMAO AZOR, COOPERADOR, QUE POR APENAS UM MINUTO EM QUE ELE SE DESPEDIU DA DOUTORA ZILDA, DENTRO DA IGREJA SAGRADO CORACAO, E NO MOMENTO QUE SAIA PARA FORA OCORREU O TERREMOTO, POREM A ELE NAO ACONTECEU NADA, GLORIA A DEUS.

NENHUMA DAS DUAS CASA DE ORACOES SOFRERAM DANO ALGUM. OS CULTOS ESTAO SENDO REALIZADOS TODAS AS NOITES NAS DUAS SALAS DE ORACOES, EM DIAS ALTERNADOS.

ESTA FUNCIONANDO DUAS ESCOLINHAS DE MUSICA: UMA EM PETIONVILLE E OUTRA EM CARADEUX, TAMBEM EM DIAS ALTERNADOS.
O BATISMO ESTA MARCADO PARA O DIA 14 DE FEVEREIRO PROXIMO.
OS IRMAOS QUE FORAM PARA A MISSAO AGRACECE A DEUS PORQUE O ULTIMO TREMOR QUE HOUVE NO HAITI OCORREU NO DIA 3 DE FEVEREIRO, UM DIA ANTES DA CHEGADA DELES NO HAITI; ATE O PRESENTE MOMENTO NAO HOUVE MAIS NADA.

OREM POR ELE. DEUS VOS ABENCOE.

Salmos 23 e 91

Todos nós sabemos que o Salmo 23 (que não é dividido em capitulos pois são poemas, portanto são independentes.) é o mais conhecido capítulo da bíblia, e provavelmente, junto com a oração do pai-nosso, recitado de cor. Mas como cantamos?



e como é cantado por outros interpretes? (aline barros)



mas o que me chamou a atenção foi o vídeo ai de baixo...



Tá ai.. .gostei!!!!

terça-feira, 16 de março de 2010

Hinário 2 - Considerações

Que Deus sempre esteja conosco no decorrer de nossas vidas.

Continuando conforme eu havia prometido, vamos a algumas considerações com relação ao hinário 2.

Após 15 anos em cantar em italiano, a congregação publica o seu primeiro hinário em português. Provavelmente devido à pressão que ocorria naquele tempo conturbado pois estamos exatamente em 1943, ápice da segunda guerra mundial e, no Brasil, tudo relacionado a Itália, então aliada nazista, foi retirado.

Houve algumas alterações, uma delas é justamente o prefácio do hinário 1, o qual dizia que esses hinos eram utilizados entre várias igrejas, contudo, ainda permaneceu o fato de dizer que os hinos são americanos,italianos e de outras nações, e, pela primeira vez, temos hinos inseridos de criação da própria CCB. (Hino 3, por exemplo)

Me arrisco a dizer que, foi nesse período que entra em cena a figura mais emblemática de nossa hinódia (historia de nossos hinos), Ana Spina.

Ela, ao que me consta, foi uma das principais responsáveis pela tradução de vários hinos, recompilação e acerto de vários erros do hinário 1 (ex: clave de fá virada para o lado errado...).

Temos mantida ainda a divisão de culto oficial e culto de jovens e menores. Com 25 hinos, levava o nome de " HYMNOS PARA A REUNIÕES DOS MENORES", enquanto no hinário 1 levava o nome de "CANTICI SPIRITUALI PER FANCIULLI", ou seja canticos espirituais para crianças. Bem diferente não?

Há também, a extinção de cantos para o baixo, provavelmente extinguindo os corais, onde entra, se não me falha a memória, a introdução do "hino do silêncio" e o "hino de despedida", ou "hino de encerramento".

É importante notar que há, neste novo hinário, uma diferenciação para hinos de abertura de culto, santa ceia, e funerais, mas não temos ainda uma separação para hinos de batismo.

Acredito que o hino "mais querido" pelos músicos deveria ser o 178 (Glória, Aleluia.) retirado do hinário posteriormente, escute ele ai em baixo.



Outra diferença significativa foi a supressão de alguns hinos, poi o total de hinos nessa edição chega a 275, 250 de adultos e 25 de jovens. Uma redução significativa num total de 103 hinos "perdidos".

A partir do hinário 2 começamos a sofrer um processo de "enxugamento" de apogiaturas e passasgens para o baixo, como vai ser possivel notar mais adiante.

Enfim, como sempre, fica um hino deste hinário, bem conhecido pela irmandade contudo tem uma alteração drástica de ritmo. Alteração esta que está no hinário, portanto é correta.

Hino 16 - A minha alma..

A explicação desta alteração se explica no andamento que sai de um 6/8 para um 3/4...

Download do hinário 2. Clique aqui

quarta-feira, 10 de março de 2010

Efêmero

Fazia tempo que ele não aparecia... mas resolveu postar, com vocês Leandro Possad'agua...

--------------------------------------
O que significa viver um sentimento efêmero? A priori, nossos dicionários geralmente definem esta palavra como passageiro; algo que não possui longa duração. Não encontro dificuldade para concordar com esta afirmação, mas gostaria saber o que faço com aqueles momentos que foram passageiros na perspectiva do tempo, mas que eu nunca conseguirei apagar de minhas lembranças.

Daí nasce uma dúvida antagônica, ou seja, como posso dizer que foi passageiro aquilo que carrego tão vivo dentro de minha alma? É fato que o presente não se pode deter de forma alguma, e que fazendo uso da lógica, seria impossível que o presente se perpetuasse. Mas o problema é que me parece impossível viver uma vida tão lógica, e mesmo que fosse possível, creio que não me sentiria nem um pouco atraído por ela.

Quem pode viver uma vida tão previsível assim? Ninguém, ou pelo menos, ninguém que quisesse viver a vida em sua plenitude. Não é possível ser feliz vivendo do lógico, não pretendo jamais deixar de viver o efêmero da vida, já que esses momentos são únicos e não voltarão jamais. Aquele que se priva de viver o agora, certamente se arrependerá amanhã, chorará por não ter arriscado viver um grande amor, ou pelo menos, lamentará não ter tentado.

Se vivermos o presente com medo do que nos decorrerá deste momento, não conseguiremos sequer absorver o prazer que o presente nos oferece. Creio que em muitos casos nossas lembranças são mais prazerosas do que o momento realmente foi, talvez porque quando devíamos ter aproveitado a sensação nos perdemos em sentimentos que nos atrapalharam. Um beijo romântico na pessoa amada é perfeito nas lembranças sem que o tenha sido de fato, já que no momento o coração batia forte e a mão suava, impedindo assim que a sensação maravilhosa do beijo fosse de fato sentida.

Muitas vezes as sensações são, de fato, passageiras e é preciso que as aproveitemos, para que assim a memória esteja livre no futuro para fazer apenas sua função, recordar. Sim… algumas vezes ela exerce funções que não lhe são devidas, por exemplo, as vezes ela é incumbida de criar um momento que não existiu na realidade, criando assim, não uma lembrança, mas uma fantasia. Recuso-me viver apenas de fantasias, quero degustar cada instante como se fosse o último, cada oportunidade como sendo única.

Talvez por isso eu me sinta a cada dia mais débil, tenho prestado enorme atenção quando estou diante de algo que julgo ser bom. Tomando chá com uma mulher que me faz sentir o homem mais feliz do mundo, procuro notar como ela sorve o liquido e como seus lábios ficam lindos quando estão molhados, tento reparar como ela sente prazer quando estou acariciando seu cabelo, sinto seu cheiro quando a beijo e percebo como o tempo para diante dela.

É bem provável que este exercício seja em vão, mas certamente tem me feito aproveitar melhor as sensações que tenho vivido. Alguém deve ter pensado nisso quando criou a foto, pois é exatamente isso que ela nos faz, torna eterno àqueles momentos mais felizes, e ao rever esta imagem podemos desfrutar, ainda que por instantes o que já se foi. Assim, o efêmero não deve ser visto como algo que passou, mas como algo que de certa forma temos vivido no presente e que tentaremos tornar eterno, ainda que a lógica do relógio nos tente impedir.

Leandro Possadagua é acadêmico do curso de História da Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP e bolsista do CNPq/PIBIC